Blog

Curiosidades

Vale a pena usar gerenciador de senhas no celular?

Por Atendimento

|

dia 20/04/2020

Compartilhar:

Quantas senhas diferentes você possui? Para a maioria das pessoas, responder a essa pergunta com precisão é praticamente impossível. Sempre estamos fazendo login em novos serviços e utilizando senhas distintas para se proteger.

Lembrar de todas elas não é uma tarefa fácil. É por esse motivo que foram criados os aplicativos gerenciadores de senhas. A partir de uma senha principal – e essa deve ser a sua senha mais forte – todos os demais serviços ficam protegidos, ainda que eles requeiram uma nova senha. É como se você adicionasse uma camada extra de proteção ao seu conteúdo. 

Muitas pessoas têm esse cuidado no Windows ou no Mac, nos seus PCs e notebooks. Porém, grande parte dos usuários se esquece que são os celulares os dispositivos que mais correm perigo. Afinal, eles estão em nosso bolso o tempo todo e um simples descuido pode fazer com que eles caiam em mãos erradas.

A boa notícia é que existem muitos bons aplicativos gerenciadores de senha para Android e iOS. Neste artigo, escolhemos dois dos mais completos disponíveis no mercado: o 1Password e o LastPass.

Instalando um gerenciador de senhas para celular

Os bons aplicativos de gerenciamento de senhas para smartphone são pagos. Portanto, se você tiver condições de adquirir um plano mensal de um desses serviços, saiba que ambos valem a pena. Trata-se de um investimento na sua segurança e mesmo que os seu smartphone seja roubado, dificilmente alguém conseguirá chegar às suas informações pessoais a tempo.

  • 1Password – disponível para Android e iOS (compatível com Windows, Linux e Mac)
  • LastPass – disponível para Android e iOS (compatível com Windows, Linux e Mac)

1Password x LastPass: qual gerenciador de senhas escolher

Ambos os serviços são os mais respeitados nesta categoria e custam praticamente a mesma coisa – o valor mensal equivale a US$ 3. Tanto o 1Password quanto o LastPass são compatíveis com smartphones Android e iOS e também com os sistemas operacionais Windows, Linux e MacOS.

A forma de funcionamento é similar: uma vez que o app esteja instalado, defina uma senha principal (de preferência, a mais forte que você puder) e memorize-a. Depois, selecione quais aplicativos serão bloqueados pela senha principal e pronto: você acabou de adicionar uma camada extra de proteção aos seus dados.

O 1Password conta com um recurso bastante interessante: ele tem uma espécie de analista de senhas. Ele indica se as suas senhas são excelentes, boas, fracas ou terríveis. Além disso, ele dá dicas sobre o que fazer em cada uma das situações, como evitar repetir senhas em múltiplos serviços ou substituir senhas fracas de tempos em tempos.

Outra vantagem é uma integração do app com um serviço chamado “haveIbeenpwned”. Ele identifica serviços que foram violados nas últimas horas e avisa se a sua conta pode estar em risco ou não. Embora ele não tome nenhuma medida automática, os alertas servem para que você altere a senha a tempo.

Em contrapartida, o LastPass traz um recurso bastante útil de compartilhamento de senhas. Serviços que são utilizados por mais de uma pessoa, como uma assinatura da Netflix, por exemplo, podem ser acessados simultaneamente a partir de dispositivos diferentes sem maiores complicações.

Por fim, o serviço LastPass oferece ainda uma ferramenta de “autocompletar” para que você possa se lembrar das senhas de serviços utilizados com pouca frequência. Esse recurso é habilitado apenas para aqueles que têm acesso à senha principal. Ou seja, a segurança está garantida de qualquer forma.

Se puder, proteja-se!

Independentemente da sua escolha, saiba que optar por um serviço de gerenciamento de senhas é uma boa ideia. Se você pesquisar um pouco, certamente encontrará outras alternativas ao 1Password e ao LastPass, inclusive gratuitas. Porém, nós recomendamos que se você for utilizar algum serviço do gênero, opte pelos mais confiáveis – afinal, todas as suas senhas estão em jogo.

Esse é o típico caso em que o barato pode sair muito caro. Portanto, invista em serviços reconhecidamente confiáveis e adicione uma proteção extra ao conteúdo do seu celular.

***
Compartilhar: