Blog

Acessórios

A história do Android: conheça a evolução do sistema móvel mais usado no mundo

Por Atendimento

|

dia 30/11/2020

Compartilhar:

No dia 23 de setembro de 2008 chegava ao mercado o sistema operacional Android. Na época, poucos poderiam imaginar que o “robozinho” do Google alcançaria a impressionante marca de 90% do mercado de smartphones.

Assim como o Windows foi por muitos anos o sistema operacional mais utilizado no mundo, hoje esse posto pertence ao SO da Google. A explicação é simples: há mais usuários acessando a internet e executando aplicações pelo celular do que via PC ou notebook. 

Disponível em pelo menos 63 idiomas, vamos conhecer um pouco mais da história do sistema operacional que revolucionou a maneira como nos relacionamos com a tecnologia.

Android: uma história que começou em 2003

Sim, os consumidores tiveram acesso ao Android apenas em 2008, mas o desenvolvimento da primeira versão do sistema operacional começou pelo menos cinco anos antes, em 2003. Foi nessa época que uma equipe formada por Rich Miner, Nick Sears, Chris White e Andy Rubin criaram uma companhia chamada Android Inc.

O nome “Android” foi escolhido pelo fato de Rubin ser um apaixonado por robôs – e também por deter a propriedade do domínio android.com, que era o seu site pessoal. O grupo imaginava transformar o então novato Android em um SO para câmeras fotográficas, mas o mercado não se mostrou muito interessado. A segunda opção foi investir em celulares.

Apesar de a ideia parecer promissora, o grupo em si não conseguiu ser bem-sucedido, mas o projeto chamou a atenção do Google. No início de 2005, a Gigante de Mountain View estava interessada em um SO para celulares e fez uma proposta: US$ 50 milhões pelo Android e sua equipe.

As primeiras versões do Android

A primeira versão do Android era bastante simples, mas já trazia recursos como tela de bloqueio, função copiar e colar, notificações, player de música nativo, além dos apps do Google embarcados. Naquele momento, parecia difícil fazer frente ao iOS, da Apple, que já era um sucesso de mercado nos iPhones.

A evolução foi rápida, mas demorou para que o Android fosse considerado um sistema operacional maduro pelos consumidores. Foi preciso esperar até 2013, quando chegou ao mercado a versão 4.4 (KitKat) para que o SO fosse visto como um rival à altura da Apple. E mais: dali em diante o Android assumiria a liderança no mercado para nunca mais perder esse posto.

Todas as versões do Android

É curioso notar ainda que desde sempre a empresa escolheu nomes de doces em ordem alfabética para nomear as suas versões. Essa tradição durou até 2019, quando o Android passou a ser batizado apenas pela sua versão e não mais pelo nome de um doce. A ideia nasceu em uma brincadeira interna dos desenvolvedores, mas se tornou uma marca registrada da plataforma, com grande aceitação por parte do público.

O futuro do Android

Olhar para o passado e conferir a evolução do sistema operacional Android nos coloca inevitavelmente diante de outra pergunta: qual será o futuro do SO? Hoje ele está presente não apenas em smartphones e tablets, mas também em smartwatches, automóveis, aparelhos de TV, eletrodomésticos e muito mais.

O aumento na demanda por dispositivos compatíveis com a chamada Internet das Coisas faz com que o sistema seja uma alternativa viável para centenas de outros equipamentos que precisam se conectar à rede. O uso de comandos de voz parece ser uma das formas mais buscadas pela indústria hoje.

Estima-se que hoje existam mais de 3 milhões de apps na Play Store, um ecossistema que não deixará de ser o mais relevante do mercado da noite para o dia. São mais de 2,5 bilhões de usuários no mundo. No Brasil, 9 em cada 10 pessoas têm um smartphone com o sistema operacional do Google no bolso. 

Ao que tudo indica, podemos esperar um reinado do Google ainda pela próxima década se nada de revolucionário desembarcar no mercado.

***
Compartilhar: