Blog

Dicas

Como descobrir se você está compartilhando informações com outras pessoas no iPhone ou iPad

Por Atendimento

|

dia 03/03/2021

Compartilhar:

Segurança e privacidade de dados são assuntos cada vez mais sérios e debatidos por conta de sua extrema importância. Em 2021 vimos hackers vazarem dados de mais de 223 milhões de brasileiros incluindo CPF, nome completo, data de nascimento etc. Ou seja, basicamente nossa vida inteira vazada para mãos que jamais saberemos.

Dito isso, há algumas formas de estarmos atentos quanto aos dados ainda mais confidenciais que nossos aparelhos eletrônicos carregam, como o seu cartão de crédito ou senha de banco por exemplo. Neste guia vamos te ensinar a como ver se o iphone está compartilhando dados com outras pessoas e o que fazer para mudar o cenário.

Acesse o ID Apple e verifique tudo

A Apple disponibiliza no site https://appleid.apple.com/ todas as informações a respeito da sua conta e dispositivos que você utiliza (iphone, ipad, apple watch etc.). Logue com seu ID Apple e aproveite para revisar o que for possível, veja se não há nada fora do normal ou dispositivos que não são seus. 

Caso tenha algo suspeito, delete ou refaça imediatamente o que estiver de errado, pois pode ser sinal de que há malwares, vírus ou até mesmo um hacker tendo acesso à sua conta e dados.

Aproveite para limpar seu iCloud

Ao clicar no ícone de nuvem do iCloud, você vai direto para a página onde estão todos os dados enviados para lá, como fotos e vídeos. Dê uma limpada em coisas que você já não vai mais utilizar e garanta que tenha espaço para futuros backups vitais que a Apple realiza de vez em quando dos seus aparelhos e dados.

Atualize as informações do Buscar

Ainda no mesmo site e logado no seu ID Apple, clique no ícone do “Buscar” (que parece um radar verde)  e você verá algumas informações da sua localização e dos seus aparelhos. Se você já compartilhou sua localização com alguém, esta é uma forma muito eficaz de como ver se o ipad está compartilhando dados com outras pessoas. Estas informações estarão na aba “Pessoas” e é sempre bom revisar frequentemente para dar uma olhada em quem está ali. 

Já na aba “Dispositivos” você verifica quais aparelhos estão associados ao seu ID Apple, e é primordial que todos que você tiver estejam listados aqui. Caso não estejam, faça esse processo no próprio aparelho e cadastre, pois se você perdê-lo ou for roubado, a Apple não conseguirá te informar a localização exata e assim as chances de recuperar são quase nulas.

Ah e se você compartilha sua localização com alguém que não quer mais ou encontrou um nome suspeito na lista, faça o seguinte:

  1. Clique no botão “i” que aparece do lado do nome da pessoa que você não quer mais compartilhar sua localização;
  2. Selecione a opção “Parar de compartilhar minha localização”. 
  3. Pronto!

Reconfigure seu Touch ID/Face ID/PIN

É sempre importante verificar se não há nenhuma digital, rosto ou pin diferente do que você cadastrou. Dificilmente um app irá pedir senhas em iPhones ou iPad, a grande maioria vai direto para a solicitação via Touch ID e Face ID, por isso é tão importante saber o que está cadastrado nos seus aparelhos. Para verificar, faça o seguinte:

  1. Clique em “Ajustes”;
  2. Desça o menu até encontrar “Face ID e Código” ou “Touch ID e Código” (depende de qual aparelho você está mexendo);
  3. Irá pedir o seu número PIN, coloque e o menu vai abrir;
  4. Verifique quais opções de uso está ativado para o Face ID ou Touch ID, se tiver algum que você não queira, basta clicar para desativar;
  5. Para aparelhos que utilizem Touch ID, nossa dica é nomear cada digital cadastrada em “Impressões Digitais”. Por exemplo: dedão direito, dedo indicador direito e assim por diante.

O que pode acontecer se você tiver dados vazados

Depois de averiguar tudo que envolve seus dados e aparelhos, você deve estar se perguntando o que aconteceria se alguém tivesse acesso a essas informações pessoais, né?

A grande questão de vazamentos deste tipo, é que é praticamente impossível saber o que farão com o que conseguiram da sua vida, mas que há chances de golpes serem aplicados, há.

É crescente o número de fraudes e clones aplicando golpes financeiros em familiares e amigos e isso pode ter relação com a falta de informação a respeito do valor das nossas próprias informações na internet.

Outra hipótese é de que é possível que estes criminosos enviem até e-mails com diversas informações falsificadas para bancos e outras instituições envolvidas com você. E como não há uma forma mais profunda de verificação, a compra ou transferência é sim realizada.

Portanto, se em algumas das etapas deste guia você verificou que há algo suspeito em qualquer um de seus aparelhos, não hesite em fazer operações para deletar este intruso. E se ainda assim não se sentir seguro, nos mande uma mensagem ou leve seu aparelho até uma de nossas lojas MyMob com especialistas que poderão fazer um check-up e trazer um diagnóstico mais preciso do seu aparelho.

***
Compartilhar: