Blog

Acessórios

Como funciona o carregador por indução e quais as vantagens de usar?

Por Atendimento

|

dia 14/10/2020

Compartilhar:

Parece mágica, mas não é. Basta deixar o seu smartphone sobre uma determinada superfície para que, sem fios, ele possa receber energia e recarregar a bateria. Os carregadores por indução, também conhecidos como carregadores wireless, são cada vez mais populares.

Práticos e versáteis, eles são o que há de mais moderno em termos de tecnologia de carregamento. Porém, apesar de serem uma novidade recente nos celulares, os sistemas de carregamento sem fio foram criados nos anos 90, mas só agora se tornou acessível o suficiente para que mais usuários possam tê-la no celular.

Dê adeus aos cabos? Não é bem assim 

Em primeiro lugar é preciso deixar claro que o carregamento “sem fios” é uma expressão para indicar que o smartphone em si não precisa estar conectado a cabos. Entretanto, a base do carregador precisa sim estar ligada à rede elétrica para receber energia. 

Em outras palavras, é como se deixasse de usar a entrada USB do seu celular para recarga. Em vez disso, tudo o que você precisa fazer é repousar o celular sobre uma base específica, fazendo com que ele receba energia por indução e, com isso, tenha a bateria carregada.

Ao menos por enquanto, os dispositivos disponíveis no mercado requerem contato para a transmissão de energia. Entretanto, a aposta dos pesquisadores é popularizar no futuro uma forma de recarga que dispense contato. Isso significaria a possibilidade de recarga pelo ar: seu aparelho poderia continuar no bolso enquanto receberia energia a uma distância limitada da base.

Como funciona o carregador por indução

Em um carregador com fio padrão, a energia flui da tomada para o carregador, e do carregador para o celular. Dentro do smartphone há uma espécie de transformador que reduz a tensão recebida e a estabiliza para uma quantidade compatível com a bateria do seu celular. 

Em um carregador por indução, esse papel de transformar a tensão elétrica para um montante compatível com a recarga da bateria do seu aparelho é feito pela base. Quando as duas partes se tocam (base e celular) essa energia é transmitida de um objeto para outro graças à indução eletromagnética.

Todos os celulares são compatíveis com essa tecnologia?

Embora seja cada vez maior o número de aparelhos compatíveis com a recarga por indução, ainda é preciso observar as especificações técnicas de cada produto. Eles precisam ser compatíveis com a tecnologia Qi, utilizada por empresas como Apple e Samsung. 

Além disso, há as tecnologias PMA Powermat e A4WP. Infelizmente, essas três tecnologias não sã compatíveis entre si. Portanto, ao adquirir um carregador por indução, fique atento aos modelos de celular que são compatíveis com ele.

Entre os smartphones mais conhecidos que já utilizam a tecnologia Qi, podemos citar alguns como Samsung Galaxy Note (versão 8 em diante), Samsung Galaxy S (versão S7 em diante) e Apple iPhone (versão 8 em diante). Esses fabricantes oferecem versões oficiais de carregadores sem fio, mas você pode recorrer a modelos de outras marcas que sejam compatíveis com a tecnologia.

As vantagens e desvantagens de um carregador sem fio

A praticidade na recarga é a principal vantagem dos carregadores sem fio. Você não precisa conectar nenhum cabo ao aparelho, basta repousá-lo sobre uma base e aguardar até que a energia seja recuperada. Trata-se de um acessório perfeito para o escritório, o home office ou a residência.

Por outro lado, pesam contra eles o fato de que recarga sem fio é um pouco mais lenta. Se você considera a recarga rápida um diferencial, saiba que os carregadores sem fio ainda não são compatíveis com ela. Porém, em termos de design e modernidade, sem sombra de dúvidas vale a pena investir em um modelo desses.

***
Compartilhar: