Autor: MyMob

Por que o celular esquenta?

Depois de usar o aparelho por alguns minutos, você já notou que o seu smartphone começa a ficar acalorado a ponto de muitas vezes parecer que vai pegar fogo? Afinal, por que o celular esquenta?

Um dos desafios mais importantes dos dispositivos móveis está na relação entre processamento e consumo de energia. Isso porque quando falamos em processamento, um smartphone não possui um sistema de refrigeração tão robusto quanto um desktop e ainda tem suas dimensões bem mais reduzidas, por exemplo, criando uma dificuldade maior para manter as temperaturas baixas. 

Quais os motivos para ele esquentar? 

Um smartphone moderno contém pelo menos 40 milhões de transistores em seu núcleo. Os transistores são como uma espécie de interruptor que liga e desliga sem parar para realizar os cálculos necessários para o aparelho efetuar as funções que utilizamos.

Na medida em que fazemos o uso intenso do aparelho, esses interruptores trabalham mais e como resultado temos uma liberação maior de calor. Além disso, os processos de carga e descarga da bateria desses aparelhos também liberam calor. Note que toda vez que você carregar seu aparelho ele vai esquentar demais. 

Quais são as desvantagens de um smartphone muito quente? 

Primeiramente, se o seu aparelho esquenta de vez em quando, não se assuste, pois isso é cada vez mais normal. Um smartphone geralmente esquenta ao executar jogos tridimensionais ou ao assistir vídeos por muitos minutos.

É um efeito colateral inevitável do carregamento e descarregamento da bateria, da iluminação do dispositivo e do processamento de dados. Aliás, os aparelhos modernos contam com sensores internos que medem a temperatura e reduzem o clock (velocidade) de processamento se o aparelho ultrapassar o limite do que é pré-estabelecido. É por isso que você vai notar o smartphone mais lentos nessas situações. 

Por outro lado, se o smartphone está esquentando sempre e você notou uma irregularidade em seu funcionamento, não saia colocando ele numa geladeira para não comprometer seu uso e nem tome uma atitude drástica. Antes de mais nada, você precisa encontrar sintomas e indícios de que ele está superaquecendo. De imediato, o que você pode fazer é desligá-lo por alguns minutos e esperar que esfrie. 

Sintomas de um smartphone que está superaquecendo 

Já falamos que smartphones mais modernos esquentam sob uso constante. Os aparelhos top de linha da Samsung contam até com resfriamento líquido para manter as temperaturas normais, por exemplo. Mas e quando você sente que o celular esquenta em situações que antes não ficava tão quente? É hora de investigar: 

1. Carga de trabalho intensa: quando você usa vários aplicativos e jogos, pode ter certeza que eles vão aquecer o seu aparelho. Porém, se você não tem nada aberto e mesmo após reiniciar o dispositivo ele continua esquentando, é sinal que algo não está funcionando adequadamente.

É bem provável que algum processo em segundo plano no sistema esteja consumindo processamento e memória. Esse tipo de problema acontece muito com programas em fase Beta, ou seja, em fase de testes. Caso você use apps como o WhatsApp Beta, por exemplo, fique bem atento(a) a esse comportamento. 

2. Inúmeras notificações ativas: se você tem centenas de apps instalados e deixou as notificações de todos eles ativas, saiba que o aparelho trabalhará sem dó. Uma dica neste caso é desligar a notificação de todos os apps por padrão e ativar somente daqueles que você mais usa ou que precisa de notificação, evitando um desperdício de processamento e bateria. 

3. Recepção de sinal constante: quando o smartphone tem um sinal ruim, ele tentará continuar melhorando a recepção. Com isso, o sistema operacional vai se esforçar mais para tentar se conectar. Nesses casos, o mais recomendado é se conectar no WiFi se você não estiver usando o 3G/4G, por exemplo. 

4. Bateria montanha-russa: uma causa bem comum. Se você carrega ou descarrega um smartphone muito rapidamente, o aparelho vai esquentar. Tanto o iOS quanto o Android possuem atualmente em suas definições uma área dedicada ao uso da bateria para você acompanhar quais aplicativos e processos estão mais consumindo carga. 

Dê uma espiadinha nessa área com frequência para compreender o que realmente consome mais no seu estilo de uso. Isso possibilitará a você ter um diagnóstico caso o gráfico mostre algo não habitual no dia a dia. 

O que fazer se um celular estiver esquentando?

Mesmo que você já tenha deixado poucas notificações, poucos apps instalados e até mesmo reiniciando o aparelho ou colocá-lo em modo avião, existem algumas opções de teste antes de levá-lo a uma assistência técnica. São elas:  

  • Sistemas operacionais modernos são multitarefas, ou seja, permitem abrir mais de um aplicativo. Acesse o recurso para ver quais estão abertos e feche todos os apps se o celular esquentar 
  • Desative o WiFi e Bluetooth se você não os está utilizando 
  • Desative o plano de dados 3G ou 4G para verificar se o aparelho não está tentando sincronizar demais para aperfeiçoar a conectividade 
  • Desative o GPS e só o ligue quando for usar aplicativos que envolvem mapas. O GPS é um grande vilão de consumo de bateria 
  • Desative as notificações de apps que não são essenciais para você 
  • Ajuste o brilho do visor para o modo automático. Muitas vezes mudamos manualmente e nos esquecemos de voltar ao automático (calculado pelo sensor de proximidade). Isso pode causar um aumento de consumo de bateria para emitir mais brilho na tela. 
  • Evite widgets ou backgrounds animados. Pode parecer bobagem, mas o excesso de recursos que rodam em segundo plano são verdadeiros drenadores de energia 
  • Limpe o cache e dados de apps que consomem muito espaço no seu aparelho (no Android) 
  • Use apps como o DU Battery Saver (no Android) 

Lembre-se ainda de manter o seu smartphone sempre em locais arejados. Além disso, se ele não for à prova d’água tome cuidado para que ele permaneça sempre seco e longe de umidade. Evite deixá-lo constantemente em locais sem ventilação, principalmente se você usa capas (cases) muito pesados ou inadequados. 

Se nada disso resolver, você vai ter que levar o seu aparelho a uma assistência técnica qualificada. Em Curitiba, Rio de Janeiro e Vila Velha, a MyMob é uma excelente opção. Nós oferecemos serviços express por meio de técnicos especializados e dedicados. Venha até uma de nossas lojas!