Autor: MYMOB

O que é Android Go? Conheça a nova versão do sistema operacional que acabou de chegar ao Brasil

O mês de junho marcou a chegada de mais uma novidade ao mercado brasileiro de smartphones. Trata-se dos celulares equipados com o Android Go, uma versão simples do sistema operacional Android. Mas você sabe exatamente o que é o Android Go e quais são as suas principais características?

Nesse artigo vamos trazer todos os detalhes sobre mais essa aposta da empresa norte-americana. Essa novidade chega respaldada por pelo menos três marcas e alguns dos celulares devem custar até R$ 399. Será que vale a pena investir o seu dinheiro nos aparelhos dessa linha?

Afinal, o que é o Android Go?

O Android Go é uma tentativa da Google de permitir que mesmo smartphones com hardware mais simples possam rodar as versões mais recentes do sistema operacional. Ele é uma evolução do antigo Android One, a primeira ideia que a empresa tentou desenvolver nesse sentido. Porém, podemos resumir o Android Go em uma frase: uma versão mais simples do Android 8.0.

O segredo aqui está na otimização do sistema de tal forma que mesmo aparelhos de entrada consigam rodar alguns apps mais pesados, mantendo um desempenho similar ao de um smartphone intermediário. Para que isso seja possível, algumas funções foram retiradas para ajudar a reduzir o consumo de energia.

Além disso, a própria Google desenvolveu versões mais simples dos seus apps. É o caso do Gmail, do Google Maps, do Google Assistente e do YouTube, apenas para citar alguns. A apresentação dos primeiros modelos com Android Go aconteceu em fevereiro deste ano, durante a Mobile World Congress, em Barcelona. E a partir do mês de junho eles começaram a chegar ao Brasil.

Android Go chegando ao Brasil

As primeiras empresas a lançarem smartphones com o sistema operacional Android Go no Brasil são a Alcatel, a Multilaser e a Positivo. A Alcatel trará o smartphone Alcatel 1; a Multilaser terá dois modelos: o MS50G e o MS50X; e a Positivo terá o Twist Mini S431 e o Twist Metal S531.

O modelo da Alcatel tem tela com razão de aspecto de 18:9, uma tendência entre os smartphones intermediários e top de linha do mercado. As demais configurações incluem processador de quatro núcleos, 1 GB de RAM, 8 GB de espaço de armazenamento e bateria de 2.000 mAh. As câmeras são de 8 megapixels (traseira) e 5 megapixels (frontal). O preço sugerido dele é de R$ 499.

Já a Multilaser traz duas versões de smartphone com Android Go. O MS50G é o mais simples deles, com tela de 5,5 polegadas (também com razão de aspecto de 18:9), processador MediaTek de quatro núcleos, 1 GB de RAM e bateria de 2.200 mAh. As câmeras traseira e frontal têm 8 e 5 megapixels, respectivamente. O espaço de armazenamento é de 8 GB.

O MS50X tem praticamente as mesmas características, com exceção da capacidade de bateria, que é maior – 2.500 mAh –, e da capacidade de armazenamento, que é de 16 GB. Os preços finais não foram divulgados pela fabricante.

Por fim, temos os dois lançamentos da Positivo. O Twist Mini S431 tem tela de 4 polegadas, 512 MB de RAM e 8 GB de espaço de armazenamento. Esse é o modelo mais simples entre todos e ele traz tanto câmera traseira quanto câmera frontal com 5 megapixels de resolução e capacidade de bateria de 1.500 mAh. O processador é de quatro núcleos e o preço sugerido de lançamento é de apenas R$ 399.

Já para quem quer configurações um pouco melhores, a Positivo apresentou também o Twist Metal S531. Ele tem tela maior, com 5,2 polegadas, e tanto a câmera frontal quanto a traseira têm 8 megapixels de resolução. O processador é de quatro núcleos, a capacidade de bateria é de 2.200 mAh e a memória RAM é de 1 GB. O preço sugerido é de R$ 699.

Todos os smartphones chegam às lojas brasileiras no mês de julho. E aí, está curioso para ver na prática como será o desempenho do Android Go?

Fonte(s): AndroidPIT e Tecnoblog