Autor: MyMob

Apple anuncia três novos iPhones para o Natal de 2017

Em um evento fechado para a imprensa no Steve Jobs Theater, o ambicioso e recém-nascido anfiteatro  que fica ao lado do mais novo campus da Apple, em Cupertino, a empresa da maçã anunciou não dois, mas sim três iPhones para o Natal de 2017. São eles: iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X.

iPhone 8 e iPhone 8 Plus

Diferentemente do que aconteceu nos últimos anos, a Apple desistiu de lançar os novos aparelhos com o codinome S, como seria o caso do iPhone 7s e iPhone 7s Plus. No lugar, tivemos uma nova geração que possui o design extremamente similar, se não fosse a parte traseira que agora é totalmente feita em vidro.

Design de construção

O chassi segue sendo de alumínio aeroespacial, com um processo de pintura de 7 camadas, com uma delas contendo 50% mais profundidade de cor. Ah, e novos acabamentos em cinza-espacial, prateado e dourado. Por falar no vidro, ele possui reforço de aço em seu design, o que fez a Apple afirmar que é o vidro mais durável já visto em um smartphone. Assim como a geração 7 do aparelho, o iPhone 8 permanece com a tela de 4,7 polegadas, enquanto o 8 Plus possui 5,5 polegadas. 

O display dos aparelhos, contudo, é renovado internamente e se adapta a cor e temperatura da luz ambiente por meio da tecnologia True Tone. Os alto-falantes dos novos iPhone também possuem sons 25% mais altos e um baixo mais profundo. 

Processamento

O chipset embarcado é o A11 Bionic, proclamado o mais poderoso já lançado no mercado. Seu CPU é hexacore, com design 64-bit e um total de 4.3 bilhões de transistores. Seu poder de processamento pode chegar a ser 70% mais rápido que o do chipset A10, do ano passado. Já em questão de GPU, ele tem 30% mais performance gastando apenas metade da energia. Além disso, a grande novidade é o novo processador de imagens, capaz de realizar o autofoco muito mais rápido em condições de baixa luminosidade e também reduzir ruído pelo hardware.

Câmeras

Ambos iPhones 8 e iPhone 8 Plus contam com um câmera de 12 MP com um novo sensor que é maior (permitindo entrar 83% mais luz), com pixels mais profundos, novo filtro de cor e estabilização óptica de imagem. A diferença entre os dispositivos permanece na quantidade de câmeras: o Plus traz a segunda câmera teleobjetiva para zoom e desfoque graças às aberturas f/1.8 e f/2.8.

O grande destaque da câmera fica no novo Modo Retrato presente na versão 8 Plus, que possibilita criar efeitos de luz em tempo real utilizando o sensor de profundidade das duas câmeras para retrabalhar a luz do ambiente e produzir fotos de qualidade profissional. 


Já acabou? Não! O processamento de vídeo dos novos iPhone 8 e iPhone 8 Plus trabalha com 2 milhões de tiles por segundo e por isso permitem dobrar a quantidade de frames, gravar vídeos a 4K a 60 fps e realizar slowmotion 1080p a 240 fps. 

Carregamento sem fio

Finalmente a Apple aderiu ao carregamento sem fio no formato aberto Qi. Agora, é possível adquirir acessórios capazes de carregar o aparelho por indução: basta colocar ele em cima e deixar carregar. Versão do Bluetooth? 5.0 pra você poder distribuir arquivos e áudios entre vários dispositivos.

Preço e disponibilidade

Os iPhone 8 e iPhone 8 Plus começarão a ser vendidos nos EUA por 699 e 799 dólares, respectivamente, a partir do dia 15 de setembro, com data de lançamento oficial a partir do dia 22. No Brasil, ainda não há previsão para sua chegada.

iPhone X, o futuro do smartphone

Se a oitava geração mostrava grandes avanços no hardware, mas não no design, tudo ficou mais nítido com o anúncio do iPhone X. Reservado para o final do evento, Tim Cook, CEO da Apple, explicou que o iPhone original, lançado há 10 anos atrás, foi um verdadeiro marco na indústria e a Apple não podia deixar isso em branco.

Por isso, eles estão lançando o iPhone X, ou iPhone 10, em comemoração aos 10 anos da linha de celulares da empresa. E bem... Que visual estonteante! Trazendo a premissa já vista em vários concorrentes, a Apple reduziu drasticamente as bordas e introduziu a tela arredondada com tecnologia OLED, batizada de Super Retina Display nos produtos da empresa. São 2436 x 1125 pixels dispostos numa tela de 5,8 polegadas na diagonal, com 458 ppi (pixels por polegada), a maior densidade de pixels já vista num iPhone.

Assim como seus irmãos iPhone 8, seu corpo é totalmente feito em vidro com faixas de aço inoxidável nas laterais. Ele também é resistente à água e à poeira e possui carregamento sem-fio. Disponível em preto e prata. O display tem tecnologia HDR (Dolby Vision e HDR10), com taxa de contraste de 1 para 1 milhão, alta fidelidade de cor e trazendo o tradicional 3D Touch e tecnologia True Tone.

A câmera traseira do iPhone X é levemente diferente: além de estar orientada agora em pé, ela traz quatro flash de LED para conseguir 2x mais uniformidade de luz nas fotografias. E a bateria para tudo isso? A Apple garante que o iPhone X vai durar pelo menos 2 horas mais que o iPhone 7.

O fim do botão home

Sim, ele se foi para sempre! A Apple o substituiu pelo movimento que era utilizando anteriormente para abrir os atalhos rápidos (de baixo para cima). E como faz para acessar o multitask? Basta fazer o mesmo movimento e segurar o dedo. Simples e prático. O botão lateral para ligar a tela também está mais largo e é segurando ele que você conversa com a Siri, por exemplo. Entendido, mas e como fazer para desbloquear o celular?

O fim do Touch ID

O quê? Isso mesmo, o sensor biométrico também se foi para sempre. A Apple encontrou uma nova forma de desbloquear o celular. Íris? Não, o seu rosto! Ué, mas não é menos seguro? Calma, a gente explica. O iPhone X vai introduzir o Face ID, que possui um conjunto com câmera frontal, câmera infravermelha, projetor de pontos e iluminador que são capazes de mapear o seu rosto tridimensionalmente.

Eles ficam bem naquela área da parte frontal junto do microfone, alto-falante, sensor de proximidade e sensor de luz ambiente, formando um sistema de câmera de profundidade real, ou TrueDepth. A tecnologia basicamente projeta 30 mil pontos invisíveis por infravermelho em seu rosto e calcula padrões para saber se é você. 


E como fazer um cálculo tão complexo como esse? Utilizando múltiplas redes neurais com a força computacional dos supercomputadores da Apple, é claro! O chip A11 Bionic utiliza algoritmos construídos por machine learning para identificar o seu rosto mesmo nos mais variados looks. A tecnologia é capaz de fazer 600 bilhões de operações em segundo, processando tudo em tempo real. Não importa se você deixar a barba crescer, cortar o cabelo, usar óculos escuros ou algum acessório na cabeça, ele será capaz de te identificar.

Para provar isso, a Apple foi atrás dos criadores de máscaras reais mais profissionais do mundo para assegurar que nem mesmo eles podem enganar o sistema. A efeito de comparação, a chance de alguém desbloquear com um smartphone por meio de uma digital é de 1 para 50 mil, enquanto pelo Face ID a Apple garante que esse valor salta de 1 para 1 milhão. Tão seguro que ele será usado para aprovar transações de cartão pelo Apple Pay. Tá louco, não é?

Bem-vindos, animojis

E essa tecnologia de reconhecimento facial não servirá apenas para autenticação. Ela também vai encabeçar a iniciativa dos ANIMOJIS, nada mais do que os tradicionais emojis animados com as suas caretas. Simplesmente abra o iMessage, escolha um emoji e anime ele contando uma piada ou falando algo para enviar para alguém. Parece extremamente divertido.


Plus: o Snapchat já vai utilizar novos filtros de realidade aumentada utilizando a tecnologia da Apple, então se prepare para ver máscaras e brincadeiras ainda mais divertidas.

Preço e disponibilidade

O iPhone X vai estar disponível nas versões 64 GB e 256 GB a partir de 999 dólares. A pré-venda se inicia no dia 27 de outubro, com data de lançamento prevista somente para 3 de novembro. Novamente, ainda não sabemos quando o produto estará disponível em terras tupiniquins.


Ufa, muita coisa não é? O que você achou dos três novos aparelhos da Apple? Conta pra gente! E não se esqueça que a MyMob trará muitos acessórios quando eles forem lançados ao mercado, principalmente porque eles abrirão uma nova gama de possibilidades! Para conferir ainda mais detalhes, o site oficial da Apple está recheado de informações.